Intenção de Oração – AGOSTO 2018



27 novembro, 2015


?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Intenção

 

Universal: As famílias, um tesouro Para que as grandes escolhas económicas e políticas protejam a família como um tesouro da humanidade.

Reflexão

Na sua intenção para o mês de Agosto, no contexto da realização do Encontro Mundial das Famílias em Dublin, Irlanda, o Papa Francisco pede que as escolhas económicas e políticas protejam a família como um tesouro da humanidade. A expressão é muito sugestiva e reflete a importância fundamental da família na sociedade. Porque é que as famílias são um tesouro? – Um tesouro é algo precioso, que não se quer perder, nem deixar roubar. Olhar para a família nesta perspetiva faz-nos cair na conta que os responsáveis pelas decisões políticas e económicas devem cuidar da família, através de apoios à natalidade, de políticas laborais que fomentem um acompanhamento dos pais no crescimento dos filhos, no apoio às famílias que cuidam de parentes com deficiência ou envelhecidos, na liberdade de ensino, na ajuda às famílias em precariedade económica… um longo caminho percorrer. – Um tesouro tem uma história, uma tradição, liga-nos ao passado, situa o nosso presente e orienta o nosso futuro. A chamada família «tradicional» garante o futuro da sociedade, através da geração de novos cidadãos. Tem um impacto social, é o núcleo de onde tudo nasce e não deve ser submetida a gostos pessoais ou a interesses de ideologias. – Um tesouro é valioso também pela sua beleza. Colocar a família no centro das grandes opções económicas e políticas devolve à sociedade, em último lugar, a beleza do amor, que cuida a vida desde o seu início até ao seu fim, onde não se procura esconder ou eliminar o que a sociedade considera descartável, incómodo, ou inútil, mas se mostra sem medo a beleza e a dignidade de cada ser humano. Este é um desafio urgente, no qual os cristãos, sobretudo os que estão envolvidos na política, no mundo empresarial, nos apoios sociais, devem empenhar-se com toda a seriedade, mesmo no meio de incompreensões e pressões.

Oração

Pai de bondade, No sacramento do matrimónio, a tua Igreja vê no amor humano um sinal da tua presença. A entrega da vida num amor fecundo, que gera novas vidas, é exemplo daquilo a que cada um de nós é chamado como teu filho: gerar vida. A família é um lugar de vida, de esperança, de futuro e de comunhão. Por isso, peço-Te, neste mês, em união com o Papa Francisco e a sua Rede Mundial de Oração, por todas as famílias, para que tenham os apoios políticos e económicos para cumprir a sua missão. Peço-Te em particular pelas que vivem em maiores dificuldades, que o teu Espírito seja a sua força e consolação. Pai-Nosso…

Desafios

- Acompanhar o Encontro Mundial das famílias em Dublin, que decorre de 21 a 25 de Agosto. Procurar conhecer as conclusões deste encontro, os apelos que aí se farão, as declarações do Papa Francisco na sua visita. – Na própria família, cuidar das relações de forma construtiva, criando pontes, sarando feridas, cuidando os que estão em maiores dificuldades ou doentes. – Procurar informar-se de boas práticas a nível social, político e económico, que existem noutros países, de proteção da família e, na medida das suas possibilidades, lutar para que sejam implementadas nos próprios ambientes.

Passo a Rezar

 

  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Deixe um comentário